Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GameOver: Blog oficial

O blog oficial do GameOver. Participa!



Sexta-feira, 20.03.15

Nintendo toma de assalto o mercado dos smartphones

Alguma vez pensaríamos jogar uma nova aventura de Super Mario Bros. diretamente do telemóvel? Ou salvar a princesa Zelda? Futuramente poderão fazê-lo graças à parceria entre a Nintendo e a DeNA. Para quem não sabe, esta companhia é especialista em produzir conteúdos, jogos e serviços destinados ao mercado mobile. Durante cerca de 30 anos a gigante nipónica protegeu as suas propriedades intelectuais, mantendo-as nas suas plataformas, mas agora há uma mudança de paradigma ao apontar baterias para o mercado mobile.   

O melhor é que a Nintendo refere que serão lançados apenas novos jogos em troca da cedência de todas as suas mascotes, e não as óbvias e simples adaptações dos jogos já editados. E os jogos terão valores de produção semelhantes às suas plataformas. Basicamente, os tablets e smartphones passam a figurar na lista de lançamentos no futuro, e quase arriscaria inserir Facebook no conjunto.

Lembram-se há algumas semanas, a Nintendo ter descontinuado o serviço Club Nintendo? Esta parceria visa igualmente a criação de uma rede online de subscrição que irá incluir as consolas da Nintendo, PC e dispositivos mobile. Tendo em conta o sucesso da PlayStation Network e Xbox Live das suas concorrentes, há muito que a Nintendo deveria ter apostado numa rede social mais elaborada que o Miiverse…

Tendo em conta que o mercado mobile continua em crescimento, a um ritmo bem mais acelerado que as consolas portáteis, esta estratégia da Nintendo parece fazer agora mais sentido que nunca. Garantindo que a essência dos seus universos e personagens nunca se percam – e acima de tudo, que a Nintendo mantenha a palavra final sobre qualquer lançamento – parece-me uma decisão acertada. A Sega fê-lo no passado, embora em circunstâncias distintas, e meter Sonic na consola do seu rival direto apenas foi benéfico para ambas as companhias.

Esta decisão estratégica da Nintendo mexeu com a indústria, que já reagiu positivamente, levando as ações da companhia a subirem. Será que esta medida levará a gigante nipónica a abandonar o fabrico de hardware? Não, pelo contrário. Durante o comunicado, Satoru Iwata levantou a ponta do véu, referindo que os seus engenheiros já estão a trabalhar na sua próxima consola doméstica, sob o nome de código NX, e que promete uma nova mudança de conceito – depois da explosão dos comandos baseados em sensores e tablets.

Embora seja cedo para conclusões, esta medida vai certamente mexer com a indústria dos videojogos. Acima de tudo, vale a pena salientar que também a Nintendo pode mudar de opinião sobre o futuro do negócio – anos atrás negava piamente o envio de Mario e amigos para outros territórios. Tempos de mudanças, há que admitir!

Rui Parreira

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Game Over às 09:50




Pesquisar

Pesquisar no Blog  


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

Mais Jogos no SAPO




GameOver Ir para o site GameOver