Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GameOver: Blog oficial

O blog oficial do GameOver. Participa!



Terça-feira, 11.10.11

A televisão no seu melhor...

O que aconteceu na ITV é ridículo.

 

Várias vezes os orgãos de comunicação tentaram culpar os videojogos por um sem número de tragédias que ocorreram em todo o mundo, nomeadamente tiroteios em escolas nos estados unidos, ou ataques violentos entre adolescentes, por isso a mistura de jogos com a vida real não é novidade.

 

Agora, usarem imagens de um videojogo como se fosse um vídeo do IRA é original.

 

É difícil aceitar a justificação de que se tratou de um erro de edição. Ninguém percebeu que era o jogo...? Estranho no mínimo.

 

De qualquer forma, os jogos estão a tornar-se mais realistas é verdade. Com gráficos de milhões de polígonos, efeitos de luz, motores de física, alta definição, etc etc. Talvez tenha vindo daí o engano.

 

Para melhor se compreender a dimensão do disparate, alguém substituiu as imagens de Arma 2 que aparecem no documentário por as de outro jogo.

 

Genial. Digam lá se não fica bonito com o dramatismo do voice over!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por O-Nurb às 19:37

Quinta-feira, 06.10.11

Secret Fight Story

 

Deviam fazer um jogo de luta da Casa dos Segredos.

 

Estou a falar a sério!

 

Os requisitos estão lá todos. Ora pensem comigo: Temos os musculados pouco inteligentes, as meninas voluptuosas, os maus como as cobras e os angelicais disfarçados que à primeira oportunidade espetam uma faca nas costas do adversário.

 

Ia ser um sucesso!

 

Consigo imaginar a Teresa Guilherme a dar a intro e a dizer "Olá! Ronda um! Lutem!"... Pensando melhor, não! Essa missão (missão - topam?) ficava para a Voz! A Teresa seria o Boss final do jogo! Não a conseguem imaginar a atirar como shurikens os cartõezinhos que tem na mão nas galas, a lançar bolas de energia "issoagoranãointeressanada" ou a aprisionar o adversário num confessionário para o espremer até à morte? Eu consigo! Para sub Boss podiamos deixar a Júlia Pinheiro com os seus gritos super sónicos.

 

História não há muita, é verdade, mas isso também nunca foi desculpa para os Beat'em Ups. Exemplos de discussões e agressões também não faltam na "casa", não é...?

 

E depois, antes do golpe final, já estou a imaginar uma cut scene ao estilo japonês Metal Gear Solid, onde o derrotado revela o segredo. Isso é que era!

 

Digo eu...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por O-Nurb às 19:14

Segunda-feira, 03.10.11

Super-jogos... ou nem por isso.

A propósito desta notícia no nosso GameOver fiquei com uma nostalgia tremenda.

 

Quando era pequenito, gostava imenso de comics. Não que tenha deixado de gostar entretanto, mas o tempo para ler é menos. Um dos primeiros comics que comecei a ler era dos New Titans, equipa de side kicks à qual pertencia precisamente Nightwing. O que eu gostava do Nightwing. Simplesmente porque não tinha poderes. Era super-herói só porque sim, o que, analisando agora, devia despertar em mim a esperança de eu próprio ser um super herói.

 

Anyway...

 

Os jogos mais recentes de Batman não são exemplo do que costuma acontecer em adaptações de comics aos videojogos. Há poucos muito bons, alguns medianos e muitos realmente maus. Não compreendo qual é a dificuldade de traduzir o universo rico dos livros aos quadrinhos em jogos de computador. É que matéria prima não falta. E quando se junta adaptação de filme de comics a videojogo então é o desastre absoluto...

 

E mesmo sabendo tudo isto, caí na mesma asneira de novo e fui-me pôr a jogar X-Men: Destiny. Não há absolutamente nada de bom a dizer sobre o jogo. É um daqueles que até dá vergonha de jogar. A sério. Mantenham-se longe. Não se sintam atraídos pelo nome "X-Men" porque se vão arrepender. Vão perguntar-se certamente se quem fez este jogo não o jogou... A sério. Não há explicação para este jogo ter visto a luz do dia com tantos outros cheios de promessa a serem cancelados por falta de dinheiro.

 

Senhores programadores: não nos enganem desta maneira por favor e façam justiça à matéria-prima. Obrigado!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por O-Nurb às 21:57

Pág. 2/2



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Outubro 2011

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

Mais Jogos no SAPO