Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GameOver: Blog oficial

O blog oficial do GameOver. Participa!



Sexta-feira, 16.03.07

Rir ou regurgitar: A escolha é vossa!

Um grupo de candidatos à puberdade juntou-se e, para desgraça da humanidade, decidiu formar uma banda. Assim nasceram os Black Out.

 

Como um cataclismo nunca vem só, compuseram uma música, música essa dedicada aos vídeojogos. Seguiu-se o vídeoclip... seguiu-se o risco de não só ficarmos surdos, como também cegos.

 

A música deveria ser considerada como um acto contra a humanidade. A letra tem a subtileza de uma manada de elefantes em fuga. O vocalista é fruto das experiências realizadas num laboratório responsável pela criação de novos métodos de tortura. O clip é tão original quanto um pacote de batatas fritas na prateleira de um hipermercado.

 

O pior mesmo é o facto dos rapazes darem uso aos comandos da Xbox 360, o que poderá levar a uma grave quebra nas vendas da consola norte-americana.

 

Segundo o comunicado enviado para a imprensa, o Black Out são a onda musical do momento. Bem... onda não digo, talvez mais um tsunami que avança ameaçadoramente na nossa direcção...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 13:53


6 comentários

De texugo a 16.03.2007 às 16:22

pela 1ª vez posso dizer que canto melhor que alguem

bem aqui esta uma prova que quem quiser e conseguir pode abrir uma banda, pois o talento esse ja nem conta...

ja nao bastava ouvir a Paris Hilton a cantar e tambem tem de vir estes provocar poluiçao sonora

De Shiryu a 16.03.2007 às 16:33

Ouvir!?

É uma questão de sentidos, neste caso tapar os ouvidos e abrir os olhos. A Paris Hilton vê-se, de resto, sempre que abre a boca, "MUTE". E eu que nem sou lá muito a favor de se bater nas mulheres, se há alguma que me enerva á face da terra a esse ponto, é esse bixo quando fala... quanto mais cantar!

... será que o Megalodon é fã da Paris hilton, e vou ouvir nas orelhas por este parágrafo acima, tb !?

De Megalodon a 16.03.2007 às 20:04

Shiryu, se te dou na cabeça é para teu bem. É por querer o teu bem que te aconselho a ser mais comedido em relação à Ps3. Acho que é muito má onda cair numa de criticar a Ps3 por criticar, porque parece que é moda. Tu és capaz de melhor do que isso. E se tens ideias de a comprar, então, como pessoa inteligente que és, não a critiques. Como o Luxxx dizia, tudo merece ser alvo de critica, e deve sê-lo de facto. Por isso é que não dou na cabeça de todos os que falam mal da máquina, dou na tua, porque não é inteligente, no teu caso, criticar.
Em relação ao tópico não tenho grandes comentários. Dizer que o gajo canta muito mal e a própria letra é terrível porque sugere que os videojogos e a escola não combinam.

Acabou de ficar disponível um pequeno trailer do novo Ratchet & Clank
http://www.gamevideos.com/video/id/10000

De Shiryu a 16.03.2007 às 22:29


Wooooow, alto e pára o baile!

É isso que me deixa triste, pensares que eu falo por falar, eu falo pq eu SEI, eu VIVI, eu ESTAVA LÁ! e até hoje, as minhas críticas têm batido certo, quer as pessoas vejam ou ainda tenham de vir a aprender às suas custas. Nada a fazer, a minha experiência de vida levou-me a estar profundamente desiludido com a Sony, e a PS3 conseguiu o mais incrível de tudo, o maior falhanço possível na história dos videojogos :

-> Falhou em conquistar a minha imaginação! <-

É bom que a Sony dê a volta a coisa e depressa...

falando do Ratchet & Clank (sinceramente, uma das minhas series favoritas da PS2) armas poderosas no mundo do meu arsenal:

Ouvidos Abertos -> que me permitem ouvir para além do que eles nos querem que o público oiça, ouvir mais, ouvir entre as linhas.

Olhos Abertos -> que me permitem ver para além do que nos dão de comer aos olhos, procurar mais, ver mais.

E a mais poderosa de todas as armas:

Uma mente aberta -> por motivos óbvios, preconceito é viver na ignorância, ver apenas uma parte é perder o todo.

Por favor, pára de julgar-me, porque se há algo que eu nunca fiz foi "criticar a ps3 por criticar", não tenho a culpa de não estar sozinho no meu desconentamento, e ignoro exemplos especificos mas tenho a certeza que há pessoas que criticam a PS3 só por criticarem. Eu critico porque sinto-me enganado pela Sony. Eu critico por que espero melhor. Eu critico porque EXIJO melhor. É altura de dizer "basta". Se querem o meu dinheiro, façam-no por merecer. E podem se dar por felizes eu ser uma minoria no meio de todos neste "público", senão a PS3 e os seus titulos ficariam nas prateleiras dos lojas, até eles nos ouvirem, até eles mudarem o tom arrogante para algo mais... razoável.

Tenho dito.


De Megalodon a 17.03.2007 às 00:04

Oh Shiryu se sabes alguma coisa que eu não sei agradecia que me elucidasses, caso contrário vai parecer mais uma simples teoria da conspiração. Parece que há alguma coisa extraordinária que só tu sabes. Eu só sei que a consola ainda nem saiu na Europa, tem melhor alinhamento de jogos que as suas antecessoras, tem enorme potencial e ainda é um tanto cara. Mas ao ler aquilo que escreveste fico com a sensação que me está a escapar alguma coisa. O que é que ouviste nas entrelinhas? O que é que viste para além do que os olhos comem?
Se quiseres responder tenho a certeza que todos teremos a ganhar.

De Shiryu a 17.03.2007 às 00:22

Crianças!

Nas minhas muitas idas ao El Corte Inglês, tenho visto coisas que me pasmam. Já clássico é o episódio que apanhei (em grave negligência parental) um par de petizes, uma miudo de 8 anos e uma miuda de para ai uns 10, a jogarem Godfather no stand da porta, quando lá tiham uma bela carripana americana dos anos 30 a venderem o jogo. Assustador, a miuda para o jovem "dalhe um tiro na cabeça!" com os pais a falar com outro casal logo atrás.

Ah, mas estou a fugir ao ponto. Ia contar isto na minha página, mas conto aqui em primeira mão. Hoje havia um certo alarido no Corte Inglês, a PS3 estava la para jogar com o Motostorm. Quando me cheguei para tentar ver se era a mesma versão da playhouse, vi logo que era um build diferente. Mas mais curioso, quando eu lá cheguei, ao mesmo tempo, um petiz de mais uam vez perto dos 8 anos, talvez menos, agarrou no comandos, descobriu o que faziam as telcas , rebentou o carro algumas vezes com o turbo, estampou-se algumas, enfim, estava a jogar como qualquer pessoa pela primeira vez.

Depois, saiu-lhe um brilhantissimo comentário, quando acabou as duas voltas e voltou-se para a mãe, que de certo tinha pressa em sair dali:

"Não tem muita piada, mãe."

Abençoado petiz! No meio de montes de gajso babados pelo dito fotorealismo, aquele míudo fez-me ter fé de novo na humanidade. Lembrem-se bem disto, e vão contar à SONY: "Não tem muita piada, mãe!". Mais uma vez, eu estava no sítio certo, na hora certa.

Megalodon, não existe conspiração nenhuma. Ou a Sony muda, ou em alguns meses, os "graúdos" vão depressa chegar à conclusão daquele petiz, que provavelmente naquela dezena de pessoas que estava a assitir (incluindo eu), ele foi o maior expert de videojogos do mundo naqueles minutos.

Vivam as crianças!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Março 2007

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

Mais Jogos no SAPO