Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GameOver: Blog oficial

O blog oficial do GameOver. Participa!


Segunda-feira, 23.02.09

Softcore de dia, hardcore à noite

Conheçam Haruna Anno, modelo japonesa que pratica a arte da fotografia erótica durante o dia, transformando-se numa jogadora hardcore durante a noite.


No vídeo em questão vemos a rapariga a mostrar o que vale em diversos jogos da velha guarda, sendo igualmente visível a sua impressionante colecção de cartuchos e de consolas. É a Queen ofa Gaame Aidore!

 


A rapariga até se dá ao luxo de jogar o primeiro nível de Super Mario Bros. de costas para o ecrã. Um bocadinho menos de roupa tornaria as coisas mais interessantes, mas não se pode ter tudo nesta vidinha.


Diz a lenda que já jogou 36 horas seguidas de Chrono Trigger -muito bom gosto - e que na passada semana o seu status online de Street Fighter IV PS3 contava com 214 jogos, 178 vitórias e 36 derrotas. Boa... a referida conquista e não a menina, pois aqui não há lugar graçolas de gosto dúbio.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 15:23

Quarta-feira, 10.12.08

Muito bom!

Mais um bom momento vindo de uma das estrelas nascidas no YouTube.


O senhor chama-se Adrian Holovaty e é um virtuoso da guitarra. E para provar mais uma vez os seus dotes, agarrou no tema de Super Mario Bros. 2 e deu-lhe um cunho muito especial, oferecendo-lhe o sabores a jazz.


O resultado é realmente bom, sendo impossível não bater o pézinho ao som da música. Pode não ter a espectacularidade do Video Games Live, mas não deixa de ser excelente.

 


Super Mario Bros. 2... os velhos tempos da Nintendo... e o melhor será ficar por aqui, para não voltar ao tema do post de ontem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 13:13

Segunda-feira, 10.11.08

Gostas de jogar Mario, gostas?! Então toma!

Há fetiches pouco imaginativos. Há fetiches muito imaginativos. Há fetiches algo javardos. Há fetiches extremamente surreais. E depois há este...


Nem sei como começar e muito menos como terminar. Digamos que estamos perante algo que aconteceria se um conhecido arquitecto da nossa praça fosse um jogador inveterado, com uma enorme fixação em Super Mario Bros. NES.


Sem mais, o melhor será passarem os olhos por um anúncio descoberto pelos nossos amigos da UKResistance.

 

www.ukresistance.co.uk/pics5/mario-bros-anal-rampage-fantasy-1.jpg


Tanto que poderia ser dito, não fosse o caso de estarmos num blog familiar. Tanta frase boa para ser comentada. Tanto requisito para ser... (segue-se um belo trocadilho)... analisado. Uma coisa é certa, sabe o que quer, como quer, quando quer e até em que nível quer.


Bom, nunca mais jogarei Super Mario Bros. com os mesmos olhos, especialmente quando atingir os níveis 1-3 e 1-4. E mais não digo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 12:55

Quarta-feira, 09.07.08

Bolhas para sempre!

 

Se tivesse de escolher apenas um jogo para levar comigo para a eternidade, a decisão seria complicada. Mas três títulos surgem imediatamente na minha memória: Mrs. Pacman, Tetris e... Bubble Bobble. E algo me diz que optaria por este último.

 

No que toca a jogo propriamente dito, é quase, quase perfeito. Foram muitas as horas passadas na sua companhia. E continuam a ser muitas as horas passadas na sua companhia. É composto por níveis com um design magnífico, um aumento de dificuldade imaculado, é extremamente viciante e perfeito se usufruído a dois. Como bónus, tem uma música que fica para sempre no ouvido.

 

Sem dúvida, foi o momento alto da Taito, que nunca mais conseguiu atingir o Nirvana vídeojogável, isto apesar de continuações e spin-offs bem agradáveis, como Rainbow Islands e Puzzle Bobble.

 

O primeiro contacto que tive com Bubble foi em 1987, numa sala de arcadas da Feira Popular. Seguiu-se a adaptação Spectrum, a passagem pelo Atari ST, a conversão Amiga, o cartucho NES e Game Boy, a compilação Taito Legends para a PS2 e Xbox, a incursão DS e a compra na consola virtual da Wii. Falta-me a máquina original. Mas há de ser minha.

 

Um clássico. Para sempre junto ao meu coração. Caso não conheçam o jogo, passem os olhos pela crítica de Jam Enslaver. É tão lindinho...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 14:30

Sexta-feira, 09.05.08

Grand Theft Auto nasceu na NES

 

Poucos sabem que o franchise GTA foi originalmente criado a pensar na NES.

 

Diz a lenda que só não foi lançado porque a Nintendo achou que era demasiadamente pacífico. Pouco violento para o seu gosto. E com sexo nada explícito, facto que poderia enraivecer os progenitores dos anos 80. Assim sendo, não recebeu o “Selo de Qualidade” da gigante japonesa, ficando para sempre no fundo do baú da Rockstar.

 

Se não acreditam nas minhas palavras, passem os olhos por um spot publicitário que nunca chegou a ser transmitido, vindo directamente da década que viu nascer Rick Ashley, Sinitta, Tiffany, Bros e Baltimora, entre muitos, muitos outros. E o melhor será parar de referir nomes, antes que o vómito dê sinal de si...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 13:36

Quinta-feira, 24.04.08

Isto são edições limitadas!

Graças adeus que eles existem! São rapazes cheios de tempo livre nas mãos, que ocupam os seus dias a realizar as mais inacreditáveis modificações em consolas.

 

Começo com o grande mestre Benjamin Heckenforn. Foi da sua mente que saiu uma dupla de máquinas HD transformadas em portáteis. Se o laptop 360 foi criado no início do ano, a versão PS3 é novinha em folha, encontrando-se à venda na ebay. A mais recente licitação foi de 23,600 dólares. A receita será entregue à National Cancer Coalition. Excelente!

 



Farto de trocar de consolas para jogar as suas obras favoritas, Richard DaLuz montou um “monstro” chamado Super Genintari. Basicamente, trata-se de um quatro-em-um, composto por uma Atari 2600, uma NES, uma Super Nintendo e uma MegaDrive. Muito, muito feia!

 


Uma gracinha é a criação de Kotomi, que transformou um cartucho NES numa pequena consola NES. Impressionante!

 


Para terminar, conheçam a obra máxima de Parker Dillmann: uma portátil NES feita de madeira! Confesso de adoro esta delícia!!!

 


E como vou abandonar a cidade durante os próximos dias... 25 de Abril sempre!!! A terra a quem a trabalha!!! A cantiga é uma arma contra a burguesia!! O povo unido nunca mais será vencido!!! Nem mais um soldado para a colónias!!! O povo está com o MFA!!! A banca é do povo!!! Viva a reforma agrária!!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 13:33

Quarta-feira, 27.02.08

Salta, Jack Dawson, salta muito!

Como é do conhecimento geral, do território chinês vêm versões pirateadas/copiadas de tudo quanto é hardware e software. Absolutamente surreal. Na verdade, o termo surreal nem chega a fazer justiça ao que se segue...

 

O Shiryu aproveitou o ExGad para mostrar ao mundo a versão NES de Final Fantasy VII. É o Homebrew na sua vertente “que se f**** os direitos de autor”. Inacreditavelmente excelente!

 

Mas há mais. Muito mais. Fazendo uma passagem por este site, descobrem-se autênticas pérolas, como uma adaptação de Super Mario World à MegaDrive... um beat’em up para a 16 bits SEGA com personagens de “O Senhor dos Anéis”... um Tomb Raider para a NES... Diablo II para a NES... The Matrix igualmente para a NES... entre muitos, muitos, muitos outros.

 

A minha preferência vai para a dupla Titanic NES e Top Fighter 2005 MegaDrive. Um luxo.

 

O primeiro aposta no estilo plataformas, colocando o apaixonado Jack Dawson aos saltinhos através de diversos locais do barquito. Finalmente, caramba! Quando vi o filme de James Cameron pensei para mim mesmo “isto dava um grande jogo de plataformas”...


A segunda preferência vai para o grande Top Fighter 2005, beat’em up que coloca em confronto na MegaDrive ícones como Muhammad Ali, Michael Jordan, Son Goku, Ciclopes e Ryu, entre outros.


Fantástico!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 14:24

Quinta-feira, 19.04.07

ZX Spectrum: Não há amor como o primeiro!

Muitos têm uma paixão pela NES, outros pela Super Nintendo e alguns pela MegaDrive. Mas na parte que me toca, o ZX Spectrum é a máquina que para sempre terá um lugar muito especial junto ao meu coração.

 

Foram anos de descoberta. De cassetes. De gravadores. De longos tempos de loading. De jogos que semanalmente ultrapassavam as barreiras impostas pelo hardware. De puro prazer.

 

De títulos programados em quartos de adolescentes. Do nascimento da Ultimate. De Manic Miner e Jet Set Willy. De enorme criatividade. Do surgimento de novos géneros e mecânicas. De obras que eram fruto de muita teimosia e amor. De The Way of the Exploding Fist. De Sandy White criar Ant Attack, o primeiro jogo em perspectiva isométrica. De Sabre Wulf.

 

Da frase “Tape Loading Error”. De inserção de Load “”. Das teclas de borracha e das letras que iam desaparecendo devido ao suor. De Costa Panayi e do seu Highway Encounter. De Chuckie Egg. De esperar ansiosamente pela edição mensal da Crash. Das oito cores. Dos 48K.

 

Das horas não passarem depressa, para chegar a casa e voltar a tentar a minha sorte em Head Over Heels. Das cuequinhas da personagem feminina de Ant Attack.

 

De pura paixão!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 13:30

Segunda-feira, 20.11.06

Não há amor como o primeiro

Na parte que me toca, o primeiro jogo usufruído numa máquina acabada de comprar fica para sempre junto ao meu coração, mesmo sendo de qualidade duvidosa. Quero com isto dizer que pode não ter ficado para a história dos vídeojogos... mas ficou para a história do Luís.

 

E a história do Luís é:

 

Spectrum – Horace Goes Skiing (Melbourne House... tão básico... tão lindo)

Commodore 64 – The Way of the Exploding Fist (Melbourne House... o primeiro grande, grande, grande beat’em up)

Atari ST – Xenon (The Bitmap Brothers... como eu os adorava!!!)

Commodore Amiga 500 – Defender of the Crown (Cinemaware... luxo visual)

NES – Super Mario Bros 3 (Nintendo... sem palavras!)

Commodore CDTV – Sem comentários...

MegaDrive – Sonic the Hedgehog (Sega/Sonic Team... amor à primeira vista)

Super Nintendo – Super Mario World (Nintendo... perfeição pura)

GameBoy – Tetris (Nintendo... 17 anos depois ainda é muito usado)

PC – Wolfenstein (id... o meu primeiro FPS... sniiiiiiiif)

MegaCD – Sonic CD (Sega/Sonic Team... a melhor aventura de Sonic!!!)

32X - DOOM (id... excelente adaptação)

Atari Jaguar – Alien vs Predator (Rebellion... um FPS de luxo!)

PlayStation – Tekken (Namco... conquistou-me para sempre)

Sega Saturn – Panzer Dragoon (Sega/Team Andromeda... lindo de morrer!)

N64 – Super Mario64 (Nintendo... a revolução!)

Dreamcast – Sonic Adventure (Sega/Sonic Team... é Sonic...)

PlayStation2 – Fantavision (SCE... primeiro estranha-se, depois entranha-se)

Xbox – Halo (Bungie... um dos melhores FPS de sempre!)

GameCube – Luigi’s Mansion (Nintendo... bem engraçado)

GameBoy Advance – Castlevania: Circle of the Moon (Konami... lindo!)

Nintendo DS – Super Mario64 (Nintendo... a revolução na palma das mãos!)

PSP – Lumines (Q Entertainment... o melhor spin-off de Tetris)

Xbox 360 – Kameo (Rare... HD... HD... HD... Rare)


Enfim... todos lindos. Todos responsáveis por me terem oferecido horas de enorme prazer vídeojogável. Todos com um lugarzinho junto ao meu coração. E agora que venha a Wii e a PS3!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 02:16


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

Mais Jogos no SAPO