Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GameOver: Blog oficial

O blog oficial do GameOver. Participa!


Quinta-feira, 24.06.10

Vuvuzela em DOOM

A grande praga do momento foi avistada em DOOM. É grave. Pelos vistos, não se cinge aos estádios de futebol da África do Sul. Só pode ser uma epidemia. Muito grave.

 

No vídeo que se segue, o Marine do shooter da id utiliza uma arma muito especial para acabar com os demónios invasores da base construída em solo marciano. E o resultado do uso do instrumento é letal, como não poderia deixar de ser.

 

Só mesmo alguém com uma queda para a dor é que poderia criar uma mod destas. Masoquista. E pela primeira vez, sinto-me solidário com as monstruosidades. Como compreendo as explosões dos seus corpos. Tenho sentido exactamente o mesmo durante o Mundial 2010.

 

 

Odeio vuvuzelas. E é um daqueles ódios realmente feios e reprováveis. Mas não há nada a fazer. Maldita moda importada.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

por luxxx às 13:38

Quarta-feira, 18.04.07

Vídeojogos debaixo de fogo cerrado... novamente

O massacre da Universidade de Virginia Tech volta a colocar os vídeojogos sob ataque cerrado. Prevêem-se tempos complicados.

 

Os muitos debates, mesas redondas, entrevistas e crónicas de opinião relativos ao trágico acontecimento têm tido os vídeojogos como denominador comum. Jack Thompson não perdeu tempo... Dr. Phil apontou o dedo... alguns senadores norte-americanos também... e o nosso Miguel Sousa Tavares falou de um “conhecidíssimo” jogo que simula Columbine.

 

Até ao momento, não há notícias que Cho Seung-Hui, responsável pelas 32 mortes, passasse horas agarrado a vídeojogos, isto segundo as palavras dos seus companheiros de dormitório. Ou seja, ao contrário de Columbine, não há DOOM para ser utilizado como bode expiatório. Mas mesmo assim...

 

Numa sociedade extremamente violenta, nascida à “lei da bala”, onde qualquer um pode comprar uma arma ao virar da esquina e onde um Presidente fala em captura “Dead or Alive”, à boa maneira do velho oeste... a culpa é dos vídeojogos. A música também não é inocente, claro está.

 

Provavelmente, Charles Withman, jovem de 25 anos, que em 1966 subiu ao topo da torre da Universidade do Texas, em Austin, matando 15 pessoas e ferindo 31, também deveria ser um adepto da arte interactiva. Um dia destes, ainda ouviremos alguém afirmar que ele estaria envolvido nos primeiros passos da criação de Pong. Por amor de Deus!

 

Mas uma coisa é certa, prevêem-se tempos complicados... mais leis para serem discutidas no Congresso... mais jogos proibidos em determinados estados... mais Jack Thompson... mais Rockstar. Enfim, nada a que a indústria dos vídeojogos já não esteja habituada.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 13:22


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

Mais Jogos no SAPO


Posts mais comentados