Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GameOver: Blog oficial

O blog oficial do GameOver. Participa!


Terça-feira, 29.03.11

Jogos GameCube nas palmas das mãos

A 3DS é já uma realidade. Uma GameCube portátil também. A primeira é um produto oficial da Nintendo. A segunda nem por isso.

 

Trata-se de uma mod fruto da arte e engenho do senhor Tchay, que reduziu quase ao mínimo a 128-bits.

 

Para além das explicações da praxe, o criador da máquina mostra The Legend of Zelda: Windwaker, Metroid Prime e Resident Evil 4 a correrem no pequeno ecrã. E que bem que correm.

 

 

Agora... o disquinho desprotegido é que me faz um pouco de confusão. Ver o meu Super Smash a voar por uma carruagem do metro não teria gracinha nenhuma.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 17:07

Terça-feira, 10.11.09

E aqui está o NCube

Conheçam mais uma consola modificada. Chama-se NCube e torna portátil a bela da 128 bits Nintendo.

 

A obra é da responsabilidade do senhor Hellrazer, que juntou o essencial da GameCube a peças vindas da Kid’s Delight, do comando clássico da Wii e da Dreamcast Quantam Fighterpad.

 

O resultado está à vista, com a portátil a rodar à força de pilhas ou com ligação directa à tomada de electricidade. Pena que o disco se encontre à vista, na parte inferior da máquina, senão que Hellrazer está prestes a resolver.

 

Confesso que fico completamente fascinado com estas modificações. Gostava de ter jeitinho e paciência para tal. Como não é o caso, uma enorme vénia para quem tem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 14:55

Sexta-feira, 13.03.09

Quero um ou dois

E eu que pensava que o aparelho de Super Mario Sunshine não era real. Estava enganado.


A prova encontra-se no vídeo que segue, no qual se pode observar diversos senhores a darem uso algo a bastante semelhante ao FLUDD, aparelho saído da imaginação de Miyamoto e uma das grandes estrelas do jogo GameCube.


Ok... a tubagem limita um pouco os movimentos, já para não dizer que estraga um pouco o visual do momento. Mas a sensação deve ser realmente magnífica, isto para além de utilizar combustível natural.

 


Gostava de ter um ou dois. Já me estou a ver na barragem, em pleno Alentejo, junto à minha casinha de fim-de-semana, a observar do alto as vaquinhas, galinhas, abelhinhas, porquinhos, ovelhinhas e o senhor pastor, esse magnífico exemplar pertencente à raça humana. Como a água é pouca, a viagem seria curta, mas não se pode ter tudo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 15:42

Quinta-feira, 02.10.08

O dia Nintendo

Graças à sua conferência outonal, a Nintendo é a protagonista desta quinta-feira. Embora não tenha ficado surpreendido com nenhuma das notícias vindas do Japão, sempre foi melhor do que o desastre da E3.


Resumindo, vai ser lançado um novo modelo da DS. Como o nome DSi, é mais leve do que a Lite, traz duas câmaras incorporadas, um sistema de som melhorado, slot para cartões SD, ecrãs maiores, capacidade de leitura de ficheiros de música e desaparece o slot para cartuchos GBA.


Digamos que era mais do que esperada, devido ao abrandamento do volume de vendas da Lite em território japonês. Basicamente... tinha mesmo de ser.

 


No que toca a jogos, o destaque vai para o episódio Wii de Punch Out!! e para a continuação do grande Sin and Punishment. Apesar de ficar realmente feliz com a confirmação da Treasure encontrar-se a trabalhar num episódio Wii do seu shooter, o efeito surpresa foi praticamente nulo. F-Zero? Novo Zelda? Um novo IP de enormes potencialidades? Mais Fox McCloud? Nada. Fica para a próxima. É pena.


Engraçados poderão ser os remakes Wii de clássicos GameCube. Como aconteceu com Resident Evil 4, são os mesmos conteúdos da 128 bits adaptados às funcionalidades do Wiimote. Pikmin e DK Jungle Beat são os jogos que irão estrear a nova linha. Quase que se pode dizer que é dinheiro fácil.


Depois temos a possibilidade de se guardar em cartões SD os jogos comprados na Consola Virtual e no WiiWare, característica que deveria ter sido inicialmente incluída na Wii. Bom, mas mais vale tarde do que nunca.


Digamos que gostei da conferência. Não fiquei fascinado. Não fui surpreendido de forma alguma. Mas...

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 13:28

Quinta-feira, 10.07.08

A segurança do colo materno

 

Não é novo. Muito provavelmente, já o devem conhecer. Mas gosto tanto dele. Tanto, tanto. E um clássico é sempre um clássico. Por isso, aqui fica o clip promocional francês ao grande Resident Evil 4.

 

Além do mais, é um exemplo da liberdade criativa à disposição dos publicitários europeus, ao contrário do que acontece nos Estados Unidos, e mesmo no Japão, onde as restrições são imensas. Uma senhora nua? A dar mama a um bebé? Na América do Norte? Então e o final do clip? Nunca! E os valores familiares? E as crianças de 16 anos a verem peitos desnudados? Escândalo... só mesmo no Velho Continente.

 

É por estas e por outras que adoro viver na Europa. Só tenho pena de não ter uma casinha em Paris, entre a Torre Eiffel e o Hôtel des Invalides. Isso é que era! Nem me importaria que o prazo de validade da vizinha do andar de baixo tivesse terminado há muito, como acontece com o da protagonista do clip em questão.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 14:00

Sexta-feira, 18.04.08

A Carol ama jogos e está casada

Aqui está a prova que nem os homens gostam muito de vídeojogos. A Carol Orsini é das nossas! E está casada há um ano!

 

A sua paixão é de tal forma grande, que até no dia do seu casamento não se quis separar das suas consolas favoritas. Assim, criou um bolo de noiva diferente do habitual.

 

Especialmente engraçados são os pequenos bolinhos, com o formato de comandos. Um apetite!

 

A rapariga disse que foi extremamente doloroso comer o bolinho. Só não explicou se isso se deveu ao Pão de Ló ser um nojo ou se lhe custou muito destruir a obra à dentada.

 

Deglutição à parte, a Carol ganhou um lugar no meu coração! Já agora... saibam que trabalha no GameDaily.

 

Espero que a AGil, a minha camarada de redacção, tire as devidas ilações e que ofereça algo semelhante no dia do seu casamento.


Mas mais grandioso, claro está. Abraçando o estilo popular, poderá colocar nas mesas dos convidados uns coiratos com a forma de PS3 e caracoletas com cascas semelhantes à 360. A Wii estaria representada na saladinha de orelha de porco.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 13:25

Sexta-feira, 04.01.08

Toma lá este, Greenpeace!

Como é do conhecimento geral, a Greenpeace não é amiga da Nintendo. Mas a Nintendo é amiga do ambiente, como se pode comprovar no clip televisivo que se segue. Muito amiguinha, mesmo.

 

Claro que como nem tudo pode ser perfeito, o tal clip televisivo que se segue não é amigo dos olhos dos espectadores. Nada amiguinho, mesmo.

 

Digamos que é tão mau, tão mau, tão mau, que se torna complicado destacar o pior momento.

 

Será a música? Será a letra da música? Será a extrema utilização do politicamente correcto? Será a enorme felicidade dos intervenientes? Será a presença de Bob, o construtor? Será o próprio Mario? Será o papelito cheio de gosma que o canalizador coloca no lixo? Serão os velhinhos a dar a perna sem saírem do mesmo sítio?

 

Na parte que toca, o grande vómito dá sinal de si no momento em que os meus olhos entram em contacto com o adolescente feliz... o tal da camisinha abotoada até ao pescocinho... o tal que dá aos bracinhos... o tal que está mesmo a pedir um valente apertão nos testículos!

 

É mau. Muito mau. A Greenpeace vai gostar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 13:54

Segunda-feira, 14.05.07

Isto é hardcore!

Ikaruga é um dos mais difíceis shooters da história do género. Com o carimbo Treasure, a pseudo continuação de Radiant Silvergun apresenta-nos a uma mecânica única, onde as mudanças entre polaridades negativa e positiva - o Yin e o Yang - têm de ser constantemente utilizadas.

 

Só assim é possível sobreviver-se aos muitos inimigos que proliferam constantemente no ecrã, criando cadeias de combos, absorvendo tiros da mesma polaridade e soltando devastadoras ondas de energia. Uma verdadeira canseira, que geralmente resulta na visita ao ecrã de Game Over e na utilização do continue!

 

Mas há quem não sinta grandes problemas. Na verdade, há quem não sinta qualquer tipo de problemas, ao ponto de achar que o modo single player é fácil demais. Portanto, para tornar Ikaruga um pouco mais complicado, nada como dar uso ao multiplayer... sozinho. Ou seja, com cada mão a controlar uma nave diferente. Puro hardcore!!!!!

 

Não é demais lembrar que Ikaruga é um shooter de luxo, diferente e viciante. Foi lançado para as arcadas, passou pela Dreamcast e teve direito a uma adaptação GameCube. Um dos essenciais da minha vida.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 13:50

Sexta-feira, 16.02.07

Uma geração prematura?

Após algumas horas a jogar God of War II, voltei a perguntar a mim mesmo se a nova geração de máquinas não terá sido lançada prematuramente.

 

A nova aventura de Kratos é simplesmente soberba, demonstrando que ainda muito seria possível no hardware da PlayStation2. E não esquecer que as próximas semanas trarão consigo grandes títulos, como é o caso de Okami e Final Fantasy XII. Todos eles garantindo fabulosas experiências de jogo, muito acima da grande maioria dos títulos actualmente disponíveis para a PS3, 360 e Wii.

 

Além do mais, duas das máquinas next-gen têm a alta definição como imagem de marca... mas na realidade o HD encontra-se longe de estar implementado nas casas dos consumidores. E já nem falo em Portugal e na Europa, onde as cadeias de televisão ainda não ultrapassaram o período de testes de emissões em 720p, pois estudos recentes apontam para que apenas 17% dos norte-americanos tenham LCDs/Plasmas preparados para tirarem total partido das potencialidades gráficas das novas consolas.

 

Baseado numa experiência pessoal, posso avançar que grande parte dos meus companheiros americanos de Gears of War jogam a obra de Epic em televisões de normal resolução.

 

No que toca ao online, já existia na Xbox e na PS2, se bem que no caso desta última muito mal implementado. De qualquer maneira, com um pequeno esforço, a experiência online poderia aproximar-se um pouco mais da disponível nas máquinas next-gen.

 

Depois temos o Blu-ray/HD-DVD. Sinceramente... os DVDs ainda têm muitos anos de vida pela frente, permitindo sessões de caseiras de filmes com excelente qualidade de imagem e som. Ou seja, o salto qualitativo da passagem para filmes HD nada tem a ver com o salto permitido pelo fim do VHS. E também neste ponto... poucos têm televisões que permitam tirar total partido dos leitores de alta definição.

 

E mesmo a Wii... será que a Nintendo não poderia ter lançado um adaptador bluetooth para a GameCube que permitisse a ligação de um Cubemote à sua 128 bits? Possivelmente... sim.

 

Mas a verdade é que grande parte dos lucros da Sony/Microsoft/Nintendo vêm da venda de máquinas. E o negócio não poderia abrandar.

 

Tenho a teoria que a Sony não lhe teria desagradado manter “viva” a PlayStation2 durante mais alguns anos. As vendas continuam boas e o seu domínio do mercado é grande. Mas o mesmo não pode ser dito das suas congéneres 128 bits, facto que levou a Microsoft e a Nintendo a sentirem necessidade de deixar para trás a Xbox e a GameCube, entrando numa nova geração de máquinas. A SCE... foi de arrasto, o que lhe poderá sair um pouco caro.

 

É no que dá vivermos numa sociedade de consumo.

 

“Comprem as novas consolas! Não têm possibilidade de tirar total partido delas? Não faz mal! Comprem-nas na mesma e usufruam-nas a 100% daqui a vários anos... quando a próxima geração de máquinas for anunciada!”

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 15:24

Segunda-feira, 20.11.06

Não há amor como o primeiro

Na parte que me toca, o primeiro jogo usufruído numa máquina acabada de comprar fica para sempre junto ao meu coração, mesmo sendo de qualidade duvidosa. Quero com isto dizer que pode não ter ficado para a história dos vídeojogos... mas ficou para a história do Luís.

 

E a história do Luís é:

 

Spectrum – Horace Goes Skiing (Melbourne House... tão básico... tão lindo)

Commodore 64 – The Way of the Exploding Fist (Melbourne House... o primeiro grande, grande, grande beat’em up)

Atari ST – Xenon (The Bitmap Brothers... como eu os adorava!!!)

Commodore Amiga 500 – Defender of the Crown (Cinemaware... luxo visual)

NES – Super Mario Bros 3 (Nintendo... sem palavras!)

Commodore CDTV – Sem comentários...

MegaDrive – Sonic the Hedgehog (Sega/Sonic Team... amor à primeira vista)

Super Nintendo – Super Mario World (Nintendo... perfeição pura)

GameBoy – Tetris (Nintendo... 17 anos depois ainda é muito usado)

PC – Wolfenstein (id... o meu primeiro FPS... sniiiiiiiif)

MegaCD – Sonic CD (Sega/Sonic Team... a melhor aventura de Sonic!!!)

32X - DOOM (id... excelente adaptação)

Atari Jaguar – Alien vs Predator (Rebellion... um FPS de luxo!)

PlayStation – Tekken (Namco... conquistou-me para sempre)

Sega Saturn – Panzer Dragoon (Sega/Team Andromeda... lindo de morrer!)

N64 – Super Mario64 (Nintendo... a revolução!)

Dreamcast – Sonic Adventure (Sega/Sonic Team... é Sonic...)

PlayStation2 – Fantavision (SCE... primeiro estranha-se, depois entranha-se)

Xbox – Halo (Bungie... um dos melhores FPS de sempre!)

GameCube – Luigi’s Mansion (Nintendo... bem engraçado)

GameBoy Advance – Castlevania: Circle of the Moon (Konami... lindo!)

Nintendo DS – Super Mario64 (Nintendo... a revolução na palma das mãos!)

PSP – Lumines (Q Entertainment... o melhor spin-off de Tetris)

Xbox 360 – Kameo (Rare... HD... HD... HD... Rare)


Enfim... todos lindos. Todos responsáveis por me terem oferecido horas de enorme prazer vídeojogável. Todos com um lugarzinho junto ao meu coração. E agora que venha a Wii e a PS3!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 02:16


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

Mais Jogos no SAPO