Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GameOver: Blog oficial

O blog oficial do GameOver. Participa!


Quinta-feira, 19.01.12

Moooooortal Kombaaaaaat!

Sem surpresas, Mortal Kombat está a caminho da Vita.

 

Para mim são boas notícias, sendo eu um fã do jogo, como já revelei num post mais atrás.

 

Sem ilusões, sempre concordei que este título de luta era claramente menos técnico e apurado do que muita concorrência, mas há algo gravado na minha memória desde os tempos em que estava no intervalo da escola a descobrir as Fatalities de Mortal Kombat II no GameBoy, que me faz sempre sorrir e ansiar por novos capítulos do jogo.

 

O Mortal Kombat do ano passado mudou as coisas em relação à concorrência, e mente quem disser que não é um excelente jogo. É divertido, campy, mas por baixo de tudo isto está uma jogabilidade bem mais complexa do que nos jogos anteriores, digna até de ter feito entrar o jogo para os torneios internacionais dominados pelos títulos da Capcom. Quem por aqui andava antes parece concordar.

 

Nenhuma outra demo foi tão espremida por mim e por mais amigos. Joguei horas sem fim antes mesmo do título chegar às prateleiras das lojas, e sempre achei que houve carinho e dedicação na programação deste jogo. Quando saiu, passei mais umas quantas horas no training mode e massacrei muita gente online com a ajuda da Mileena. As minhas desculpas. ;-)

 

Ora o que era de bom na PlayStation 3 (e claro, na Xbox 360) volta em dobro na Vita. Uma segunda Challenge Tower com mais mini missões exclusivas na portátil da Sony! Só coisas boas. E como a Warner parece estar a dar espaço de manobra para que a NetherRealm se dedique ao jogo e não lance jogos Mortal Kombat com sangue mas mal passados, espero o melhor.

 

Quero muito jogar. Muito mesmo. Venha a primavera. Para o frio passar e os dias aquecerem com mais umas arrancadelas de cabeça e outros membros dos meus adversário. Fight!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por O-Nurb às 19:08

Quinta-feira, 28.07.11

Um mau dia para a Nintendo

Algo vai mal para os lados da gigante de Quioto. E o tal algo tem um nome: 3DS.

 

Definitivamente, a nova portátil não tem conseguido agarrar os consumidores, apresentando-se como um problema que há muito não acontecia na Nintendo, tendo em conta o impressionante sucesso da DS e magnífica prestação da Wii.

 

Mas a realidade é que a nova portátil vendeu apenas 710 mil unidades durante o trimestre abril-junho. É pouco. Muito, muito pouco. Para complicar, os cancelamentos de jogos sucedem-se, o line-up para os próximos meses é fraco e as queixas do 3D não funcionar como devia são muitas.

Para evitar males maiores, a Big N anunciou um forte corte no preço da plataforma, que poderá cair mal em muitos early adopters, mesmo tendo estes sido compensados com a revelação de futuros descarregamentos gratuitos de vinte títulos NES e Game Boy / Game Boy Advance.

 

Como complemento, foi dada a garantia que Mario Kart 7 e Super Mario 3D Land ficarão disponíveis a tempo do Natal.

 

Mas serão estas medidas suficientes para salvar a 3DS? Será que o problema não se encontra na possibilidade do próprio hardware não estar a conquistar os consumidores? O tempo o dirá. Mas a PlayStation Vita vai chegar dentro de pouco tempo, estando a pressão do lado da Nintendo e do seu presidente Satoru Iwata, que tão habituado está a vencer.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Game Over às 12:55

Terça-feira, 07.06.11

Sony: Vita é vida

A conferência E3 2011 da Sony aconteceu durante a madrugada europeia. E não me deu sono, apesar do avançado da hora. Quero com isto dizer que gostei do que vi.

 

Para começar, a SCEA parece ter aprendido com os erros passados, reduzindo o evento para noventa minutos, ou seja, acabaram-se as loooooongas apresentações com mais de duas horas, repletas de números de vendas e anúncios de dados sem qualquer interesse prático. Desta vez, tudo decorreu a bom ritmo. Fez-se luz! Finalmente!

 

Em termos de surpresas PS3... quase nada de muito relevante foi apresentado, indo todo o destaque para a dupla de gigantes que será colocada nas lojas durante a recta final de 2011: Uncharted 3 e Resistance 3. E diga-se que o primeiro está com um aspecto muito para lá do fabuloso. Mesmo muito.

 

Infelizmente, nada de God of War IV, tendo os incondicionais de Kratos que se contentar com a reformulação HD da dupla de aventuras portáteis do Deus da Guerra. Digamos que ficou uma sensação de fominha. O mesmo poderá ser dito da total ausência de The Last Guardian. Pena.

 

Depois veio o 3D, tecnologia na qual a Sony está a apostar em força, implementando-a em praticamente todos os seus títulos . Confesso que gostei do anúncio do monitor 3D PlayStation. Uma boa proposta para quem não esteja interessado em televisores com ecrã em três dimensões, mas que gostaria de usufruir da experiência em vídeojogos. Interessante.

 

O Move também esteve presente, como não poderia deixar de ser. E o momento alto foi a entrada em palco de Ken Levine, que anunciou que o comando poderá ser usado em conjunto com BioShock Infinite, obra cujo aspecto melhora cada dia que passa.

 

Foi o momento "Newell" de 2011, pois convém não esquecer que o responsável da Irrational não poupou palavras desagradáveis sobre os sensores de movimentos há vários meses atrás. Levine referiu também que o universo BioShock encontra-se a ser adaptado à PlayStation Vita.

 

Naturalmente que esta última foi a estrela maior da conferência, tendo Kaz Hirai anunciado que será globalmente lançada no final do ano, sendo 249€ o preço da versão Wi-Fi e 299€ o custo do modelo Wi-Fi/3G. Bons preços, diga-se de passagem.

 

Em termos de jogos, destacaram-se Uncharted: Golden Abyss, Street Fighter X Tekken e LittleBigPlanet. Confesso que esperava que tivessem sido mostradas mais demos, como por exemplo WipEout 2048 (apenas presente num curto vídeo), Killzone e Resistance.

 

Concluindo, mesmo não sendo espectacular, gostei da conferência Sony. Gostei do que vi. Gostei do preço da nova portátil. Gostei da Vita. Agora que venha a Nintendo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 12:47


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

Mais Jogos no SAPO