Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GameOver: Blog oficial

O blog oficial do GameOver. Participa!


Terça-feira, 28.02.12

Não é dia das mentiras...

... e isto é mesmo real:

 

 

Um Monopoly de tabuleiro em versão Street Fighter! Genial.

 

O meu Monopoly é antigo e não sei se os cartões da Sorte (que muitas vezes não eram de má sorte) e da Caixa da Comunidade ainda têm as mesmas mensagens nos jogos de agora, mas se têm, a clássica "Levou um 'tiro' de um amigo. Pague 200$." podia ser substituída por "Levou um 'hadoken' de um amigo. Pague 200$". Não era?

 

E pergunta ainda mais pertinente: Qual será a ideia para DLC deste jogo? Dados e peões extra? Se é Street Fighter tem de ter DLC!

{#emotions_dlg.blink}

Autoria e outros dados (tags, etc)

por O-Nurb às 21:09

Quinta-feira, 16.02.12

Simplificar ou não? Eis a questão!

Depois de ter passado bastantes horas com Soul Calibur V, não pude deixar de retirar o jogo da consola com uma sensação de frustração.

 

O jogo é bom! Não haja dúvidas. Faz o que quer fazer e faz bem. Mas a complexidade do título começa a pesar-lhe nas costas...

 

Por mera coincidência acabei por passar por Mortal Kombat de 2011 em visita a um amigo e diverti-me bastante mais do que com Soul Calibur.

 

Comparar estes dois jogos pode ofender os mais puristas experts de jogos de luta, mas, sem dizer se um é melhor que o outro, quero apenas dizer que MK encontrou um intermédio. Consegue ser complexo q.b. para motivar quem quer aprender a não deixar respirar o adversário (moi :P) e divertido e simples para quem só quer pegar no comando e brincar (uma amiga minha que SÓ joga Mortal Kombat e que o maior contacto com o comando da consola é quando o arruma porque o namorado o deixou desarrumado). Tal como Street Fighter IV (para usar um termo de comparação mais amigo dos fãs hardcore do género) que abriu também a janela para jogo mais simples mas também com combos flashy e complexos capazes de causar desespero.

 

É uma pena. Porque eu gosto (e muito) de Soul Calibur. Mas há outras soluções como outras equipas de desenvolvimento já provaram existir.

 

Anda lá Soul Calibur! Reinventa-te um pouco sem medos! Mudar é bom!

Autoria e outros dados (tags, etc)

por O-Nurb às 20:21

Quinta-feira, 14.04.11

Peter "Ryu" Griffin

Street Fighter é um ícone pop. Family Guy também. E os dois universos já se cruzaram. Muito bom.

 

É no jogo da Capcom que Peter Griffin e Mr. Washee Washee resolvem os seus problemas, com o primeiro a assumir o papel de Ryu e o segundo de E. Honda.

 

Como não poderia deixar de ser, é lindo ouvir Griffin a proferir clássicos como "Haduken", "Shoryuken" e "Senpuu Kyaku". E tanta leveza nos golpes... pena que o resultado final não seja o melhor.

 

 

E que tal um Capcom Vs. Seth McFarlane? Isso é que seria de valor.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 13:30

Quarta-feira, 16.03.11

Street Fighter Whore

Cammy vai participar em mais Torneio de Lutas de Rua, mas primeiro terá de passar pelo seu paizinho.

 

E a realidade é que o senhor progenitor não gosta das vestes da rapariga. Está demasiado despida. Não pode ser.

 

Cammy bem tenta argumentar, referindo que todos os elementos femininos dos jogos de luta têm por hábito mostrar partes mais escondidas do corpo. Mas o seu pai não se mostra convencido.

 

 

"Street Fighter Four?! Street Fighter Whore is more like it!"... mais um grande momento da Dorkly.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por Game Over às 13:08

Terça-feira, 31.08.10

Aprendendo com o campeão

Diago Umehara é também conhecido como “The Beast” graças ao modo como joga Street Fighter.

 

Na verdade, Umehara é o melhor jogador do mundo no que toca ao beat´em up e acaba de entrar no Guinness com o título de gamer que mais torneios consecutivos venceu: 15! Mas afinal qual é o segredo do rapaz? Reflexos mega-rápidos, um conhecimento vasto dos comandos?

 

Bem…talvez o modo como segura o joystick também dê uma ajuda… Tirem as dúvidas, assistindo ao vídeo. É em japonês, mas as imagens falam por si.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por agil às 13:08

Segunda-feira, 23.08.10

Hikakin loves Street Fighter

O jovem hoje em destaque chama-se Hikakin e é um beatboxer vindo do país dos samurai. Como não poderia deixar de ser, o rapaz é mais uma prova de que os japoneses são criaturas digamos que fora do vulgar.

 

Aparentemente fã de videojogos, Hikakin resolveu colocar os seus dotes ao serviço de vários clássicos. Um deles é Street Fighter, do qual reproduz um combate entre Ken e Dhalism.

 

 

 

Para assistirem a mais pérolas do género visitem o blog oficial do jovem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por agil às 15:04

Sexta-feira, 16.07.10

Não és o pai! Agora dança ao som de Guile!

Terminemos a semana com um mau momento. Em todos os sentidos e mais alguns.

 

Trata-se de um pequeno excerto de The Maury Show, talkshow norte-americano que traz até ao ecrã da televisão temas de elevada importância, como é o caso da infidelidade sexual, anões, doenças raras, todo o tipo de fobias e... testes de paternidade, obviamente.

 

O clip em questão está directamente ligado a estes últimos. Isto porque Sabrina fez sexo com dois homens, tendo depois engravidado, acusando um deles, Andrew, de ser o pai. Assim sendo, nada como ir a um programa em directo tentar saber a verdade.

 

Passando à frente... o acusado foi ilibado. E ficou feliz. E a produção do programa decidiu acompanhar o momento pós-veredicto com uma música muito especial: o tema de Guile. E Andrew, que afinal não é progenitor de nadinha, dançou muito. E o público entrou em histeria colectiva. E tudo isto é muito triste e extremamente errado.

 

 

Coitadinho de Guile e de Street Fighter. Mereciam bem melhor. A Capcom também. E nós muito mais.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 12:53

Terça-feira, 04.05.10

Parece-me bem

Após ter sido tão dilacerado, terá chegado a hora de Street Fighter receber uma boa adaptação cinematográfica? Gostei do que vi...

 

Trata-se de Street Fighter: Legacy, curta-metragem da responsabilidade de Joey Ansah, actor, coreografo de cenas de acção e realizador, que já não suportava ver o seu beat'em up de eleição ser tão maltratado nos ecrãs de cinema.

 

Após a Capcom ter dado a autorização necessária, Ansah reuniu uma equipa composta por, entre outros, Owen Trevor, realizador de Top Gear, e Anthony Wayne, produtor sénior dos últimos 11 filmes de James Bond. O resultado está à vista numa dupla de teasers.

 

 

E uma coisinha é certa, o ambiente de Street Fighter parece estar todo lá. Mas esperemos pelo produto final. No que diz respeito a adaptações cinematográficas de Street Fighter, após as abominações que tenho visto, não coloco as mãozinhas no fogo por ninguém.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 13:45

Sexta-feira, 30.04.10

Super Strip Fighter IV

Não é gralha, não. É mesmo um enorme Strip a substituir Street. E os PC são a plataforma de destino deste beat'em up vindo da Doujin.

 

O que mais haverá para dizer? Talvez que estamos perante um jogo de luta que rouba miseravelmente o logótipo de Street Fighter? Que as lutadores surgem semi-nuas? Que é o episódio IV mas que não conhecemos o III, II e I?

 

Que a barra de Ultra Combos foi substituída por uma de Strip? Que um dos dois elementos masculinos presentes utiliza vibradores como arma? Que os peitos das protagonistas parecem ter vida própria? Que várias das raparigas parecem ser uma cópia de meninas vindas dos universos Capcom e SNK?

 

 

Que é extremamente rasca? Que a Capcom não deverá perder muito tempo até colocar em acção o seu departamento jurídico?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 12:54

Quarta-feira, 07.04.10

Mais um péssimo momento

Em meados dos anos 90, a Capcom quis humilhar um dos seus filhotes. Coitadinho do infeliz Street Fighter.

 

E assim o pobre e inocente franchise foi brindado com uma adaptação cinematográfica muito para lá do pavoroso, responsável por provocar um belo rombo no imaginário dos fãs do franchise.

 

Como se isso não bastasse, ainda foi lançado um videoclip com as personagens de "Street Fighter: The Movie". Tratam-se de 4 minutos de coisa durante os quais não dá sinal de si um único momento minimamente aceitável. Xiça.

 

 

Como não aprendeu com os erros passados, em 2009 a Capcom decidiu esbofetear a saga com uma abominação intitulada "Street Fighter: The Legend of Chun-Li". Nem dá para comentar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por luxxx às 13:28


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


calendário

Abril 2015

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930

Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2008
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2007
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2006
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D

Links

Mais Jogos no SAPO